Cadernos das Escolas de Saúde, No 03 (2010)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Dificuldades na Implantação da Sistematização da Assistência de Enfermagem – Sae: Uma Revisão Teórica

Jucilene Remizoski, Mayra Moreira Rocha, Janaina Vall

Resumo


RESUMO

A Sistematização da Assistência de Enfermagem – SAE é uma ferramenta essencial no trabalho do enfermeiro, no entanto, sua implantação na prática é difícil por diversos fatores. O objetivo deste trabalho é identificar nas publicações sobre SAE, os principais fatores que dificultam sua implantação na prática do enfermeiro. Trata-se de uma revisão de literatura utilizando a Base de Dados em Enfermagem – BDENF para busca da produção científica sobre SAE nos últimos nove anos. Das 155 referências encontradas, apenas 22 discutem a questão da dificuldade de sua implantação. Dentre os principais fatores que dificultam a implantação da SAE estão falta de conhecimento sobre a realização do exame físico, falta de treinamento sobre o tema nas Instituições de Saúde, falta de registro adequado da assistência de enfermagem, conflito de papéis, dificuldade de aceitação de mudanças, falta de credibilidade nas prescrições de enfermagem, carência de pessoal e falta de estabelecimento de prioridades organizacionais. Apesar da SAE ser norteada pela teoria, orientada na formação e exigida conforme determina a legislação profissional, a sua implementação ainda está iniciando e caminha para a sua efetivação, mas ainda existem muitos fatores que contribuem para que isso não ocorra. É papel do enfermeiro identificar esses fatores e trabalhar em função de solucioná-los abrindo caminho para a implantação da SAE.

 Palavras-chave: Cuidados de enfermagem.


Texto Completo: PDF